#random: Skoob


Vamos falar sobre a rede social brasileira para leitores? Vamos, então.
Conheci o Skoob em 2009, se não me engano. Pode ter sido em 2010. Sei que já conhecia o Goodreads na época, e entrei no Goodreads em 2009, mas não tinha me empolgado muito — isso continua verdade. É uma rede sensacional, em especial a parte de compartilhar quotes e poder comentar, mas até hoje nunca foi muito a minha.
Já o Skoob, sim.

Página inicial atual, quando não tem nenhuma conta acessada.
Página inicial atual, quando não tem nenhuma conta acessada.

O processo de registro é muito fácil e o site é bem intuitivo. Dá pra se cadastrar e fazer login com o Facebook, o que facilita ainda mais. Não, se registrar com o Facebook não significa que todas as suas ações serão postadas nele. Você pode personalizar tudo isso nas Preferências do Skoob.

skoob-login-screen

Se você ainda estiver perdido até aqui, o Skoob é uma rede social cujas funcionalidades principais são: acompanhamento de leituras, gerenciamento de estante e descoberta de novos livros através da interação com outros leitores.
Aqui, você tem um perfil e cada livro/autor tem sua página, mais ou menos como no Filmow, a rede social de filmes. Há também grupos próprios e páginas de editoras. E, diferentemente do que acontece no Orangotag, a rede social de séries, o Skoob permite que os usuários adicionem livros, edições e autores e editem detalhes dos mesmos. Então acaba sendo bem completo e, se ler algo que não estava cadastrado, é fácil cadastrar você mesmo. Me sinto a maior das hipsters quando faço isso.

skoob-pagina-livro

Já houve algumas mudanças nas funcionalidades e nos layouts, mas, desde o começo, funciona basicamente assim: você abre a página do livro e pode marcá-lo nas categorias de “lido”, “lendo”, “quero ler”, “relendo” e “abandonei”. Cada uma dessas tem uma cor específica, o que fica mais legal porque o layout é neutro: branco, cinza e azul (cor usada no “quero ler”). Agora também há uma média de preços do livro nas principais lojas online, caso você leia as resenhas e avaliações e decida que quer mesmo comprar e ler.
Antes da grande mudança que o site teve na época que foram anunciados os apps (mais sobre eles depois), você precisava marcar uma dessas categorias que eu citei antes para que o livro fosse adicionado à sua estante. Só aí, poderia marcá-los nas subcategorias “favorito”, “desejado”, “tenho”, “emprestei”, “troco” e “meta”. Então dicionários e demais livros de consulta, por exemplo, tinham que ficar eternamente no “lendo” ou “abandonei” se a pessoa quisesse manter um registro de toda sua estante/biblioteca. Isso agora não acontece mais, felizmente: categorias e subcategorias são independentes.
Também havia uma opção LINDA nas páginas dos livros, que sumiu na Grande Mudança, chamada “exibir na minha estante”. Você era levado direto ao menu que o livro tem na sua estante, que mostro ali embaixo do print da Watchmen.

menu superior site
Há um menu chamado “Explorar” na barra superior, ao lado da caixa de pesquisa, que mostra uma espécie de mapa do site. Ele é especialmente útil se você é novo no Skoob, porque, através dele, você pode ver uma lista completa de livros, autores, editoras, leitores ou grupos cadastrados no site e pesquisar cada lista separadamente.
Mas é também lá que ficam os atalhos para o Plus (seção de trocas, explico melhor mais pra baixo no post), para a lista de cortesias disponíveis, para a lista de lançamentos, os “mais” de cada categoria (lidos, lendo…) e a Meta de Leitura do ano.

Essa é a meta do ano. Se não me engano, junta todas as metas individuais do pessoal que participa. Você ganha medalhinhas e tudo. Isso também surgiu depois da Grande Mudança, então 2015 é o primeiro ano em que vemos.
Essa é a meta do ano. Se não me engano, junta todas as metas individuais do pessoal que participa. Você ganha medalhinhas e tudo.
Isso também surgiu depois da Grande Mudança, então 2015 é o primeiro ano em que vemos.

menu superiorAo lado do menu “Explorar”, fica o menu do usuário. Você pode acessar, respectivamente:
• suas mensagens (privadas, com outros usuários);
• suas solicitações de amizade;
• suas notificações (quando alguém curte uma atualização sua ou solicita um dos seus livros para troca, por exemplo);
• seu perfil (onde dá pra ver também as atualizações dos amigos e seguidos);
• sua estante;
• as preferências do site, onde convidar amigos e opção de logoff.

Estante

Exemplo de como a sua estante é exibida. Ali na esquerda, dá pra ver as categorias e subcategorias que eu selecionei: Quadrinhos e Favoritos. Passando o mouse sobre a capa, você tem a opção de abrir o menu do livro (sinal de + azul) e excluir o livro da estante (lixeira vermelha).
Exemplo de como a sua estante é exibida. Ali na esquerda, dá pra ver as categorias e subcategorias que eu selecionei: Quadrinhos e Favoritos. Passando o mouse sobre a capa, você tem a opção de abrir o menu do livro (sinal de + azul) e excluir o livro da estante (lixeira vermelha).

Dentro do menu do livro, são essas as possibilidades:

skoob-menu-livro-watchmen

  1. Usar tags para separar grupos dentro da sua estante ou categorizar um livro para a comunidade;
  2. Fazer uma resenha, que pode ter título e link para blog/site e ser marcada como spoiler;
  3. Registrar o histórico de leitura, que pode conter um comentário. Antes era possível apenas registrar o número de páginas; agora, facilitando a vida de quem usa e-readers como o Kindle, pode-se usar a porcentagem concluída do livro também. Eu AMO usar essa opção pra guardar frases de livros físicos, já que aqui posso marcar a página em que aparecem e não gosto de riscar meus livros;
  4. Alterar a capa que aparece na estante de acordo com a edição que você tem do livro. Antes, isso só era possível na estante, mas depois da Grande Mudança é possível acessar edições individuais como “páginas do livro” diferentes;
  5. “Editar para troca“. É uma função para quem usa o Skoob Plus, serviço de trocas interno, onde se pode colocar uma foto e detalhes do livro que está oferecendo e definir o que quer por ele;
  6. Separar entre livros, quadrinhos e revistas; físicos, digitais e de áudio. Isso foi uma melhora da Grande Mudança, mas a separação entre livros, quadrinhos e revistas, apesar de não existir desde o começo, já tinha sido adicionada antes dela;
  7. Para livros lidos, também é possível editar a data de leitura, possibilitando que o Skoob organize sua estante cronologicamente;
  8. E, para um livro emprestado, é possível registrar o nome da pessoa para a qual está emprestado, o que é especialmente útil se você for uma pessoa esquecida.

Antigamente, era possível, através da sua estante, ver quais dos seus amigos tinham aquele livro na estante deles. É um negócio que eu acho muito legal e gostaria que o Skoob ainda tivesse. Talvez, se não da mesma forma que era antes, da forma que o Filmow faz, que é muito boa.

Perfil

skoob-perfil

No perfil é que se descobre qual é a diferença de colocar os livros da estante na “meta”. É aí que ela aparece, em destaque — e eu acho um recurso muito bonito. E útil. E legal.
Também aparecem uma visão geral de basicamente todos os dados da sua estante e o feed de atividades, que você pode escolher se exibe o seu, dos amigos, dos seguidos, dos grupos ou das editoras. Além disso, o perfil mostra os aniversariantes do mês em um cantinho no lado direito e o que era chamado de “mural”, uma descrição à sua escolha. Eu coloquei um trecho de Mockingjay.

É aqui que começo a reclamar: antes da Grande Mudança, os quadrinhos também apareciam na meta. Digo, o que você separasse na sua estante como “quadrinho”. Agora, eles não aparecem, apenas os livros. Suponho que com as “revistas” o tratamento seja igual. Por que essa discriminação de uma hora pra outra, Skoob?
Mas o mais estranho dessa história toda é que isso só afeta quem usa direitinho as opções de organização que eles oferecem. E eu QUERO misturar meus quadrinhos e livros na meta, sem precisar misturar na estante.

App

Eu uso o app na versão do Android porque tenho um Moto G, mas ele também está disponível para iOS e em breve chega a versão para Windows Phone. Os links ficam aqui. Acredito que as versões sejam bem parecidas entre as plataformas, ou pelo menos não fiquei sabendo de nenhuma diferença drástica entre elas até o momento.

skoob-app-screenshots

O app foi lançado recentemente e conta com algumas funcionalidades que o site não tem, como o scanner de códigos de barra. Certo, na verdade, essa é a única que lembro. Mas é tão boa que vale por várias.
Além de ser muito bonito, o app é simples e fácil de usar e não foge da identidade visual do site. Mas ele também discrimina os quadrinhos e as revistas. Você só pode mexer na estante de livros e isso é incrivelmente frustrante pra mim. Se você não tiver o costume de ler nenhum quadrinho, é uma coisa que não faz diferença mesmo. Só que pra mim é um ponto muito negativo que a opção não esteja disponível, porque acabo usando menos o app. Espero que isso mude.

Plus

O Plus é o serviço de trocas do Skoob. Ele não funciona exatamente como “livro por livro”, ele tem os chamados “créditos” — cada livro pode valer um ou dois créditos e é quem está colocando o livro para troca que escolhe. Geralmente se escolhe por preço e raridade, mas tem muita gente colocando best-seller recente por dois créditos, então não sei mais de nada.
Você recebe os créditos quando envia livros e os outros usuários recebem direitinho. Depois, pode usar esses créditos para pegar livros com outros usuários. Também era possível comprar créditos, mas não lembro como isso está agora. Acho uma ótima sacada isso dos créditos, porque é muito mais fácil achar alguém que queira o que você tem OU tenha o que você quer do que achar alguém que queira o que você tem E tenha o que você quer. Matemática básica: o primeiro se refere a uma união de conjuntos e o segundo, a uma interseção.

skoob-plus-detalhes-livro

Lembra que mostrei ali em cima o “editar para troca” na estante? Então. É basicamente esse o processo. Você marca a subcategoria “troco” e depois coloca os detalhes ali e tá tudo pronto! Dá pra ver melhor na imagem aqui em cima com meu Halo. Você começa no Plus sendo um usuário amarelo e, depois de, se não me engano, dois envios de livros, vira usuário azul.
O sistema foi um pouco difícil de entender pra mim na primeira vez em que enviei um livro, e tive o azar de uma mulher sem paciência solicitar o livro. Ela cancelou, saiu falando mal de mim nos fóruns e eu ainda não entendia o processo. Foi bem chato.
Acabei ainda me atrapalhando depois, mas a segunda pessoa que solicitou o livro me explicou as coisas direitinho e foi tudo bonito. Esse é o único ponto em que eu digo que a experiência de trocar pelo sistema pode ser ou não ser boa: as pessoas. Porque depende muito de haver comunicação, de você se entender com a pessoa, de um ter paciência se o outro for iniciante, de ninguém estar em um período conturbado sem tempo ou acesso à internet (porque há opções de cancelar “depois de x dias” e alguns acham que, após esse período, são obrigados a cancelar sem a menor empatia)…
Pra mim, o que não tem dado certo é a falta de interesse no que tenho a trocar ultimamente. Acontece. Ainda recomendo que você tente, se tiver interesse em testar a ferramenta. É bem interessante.

Considerações finais

Eu adoro o Skoob, de verdade, como já falei várias vezes aqui. Apesar de ter algumas falhas, é um negócio que recomendo pra todos. Inclusive, gostaria que o Kindle no Brasil tivesse uma integração com ele — especialmente considerando que tem integração com o Goodreads lá fora e no Brasil essa função não existe.
Mas, voltando ao ponto, separei uma listinha das melhores e piores coisas. Se você não ler mais nada do post e ainda assim quiser formar sua opinião, leia esses dois tópicos.

O melhor

• muito bom para acompanhar o progresso nas leituras
• ótima organização de estante
• permite que o usuário melhore o catálogo
• mostra ofertas
• estante do site inclusiva aos vários tipos de leitura além de livros físicos (quadrinhos, revistas, e-books, audiobooks)
• pode ser usado para escolher presentes de aniversário
• app permite a pesquisa pelo código de barras

O pior

• acesso ao conteúdo da estante dos amigos somente nos perfis deles
• meta sem suporte para revistas e quadrinhos
• app sem suporte para revistas e quadrinhos
• app só permite registro de progresso com um comentário

E aí, acha que esqueci de alguma coisa? Falei de algo que você não conhecia? Você ainda não conhecia o Skoob inteiramente? Comenta aqui embaixo:

Anúncios

Obrigada por ler! Não quer deixar um comentário, não? :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s