#nowplaying: (meus) 30 singles de 2014


Tradicionalmente, ao fim de cada ano, em um grupo de que participo, elegemos os melhores do ano em cinco categorias: álbuns, singles, músicas não-single, clipes e capas de álbuns. Cada um deve fazer uma lista de cada categoria com, no mínimo, dez itens, em ordem de preferência – ou no mais próximo disso que conseguir decidir. Apesar de ainda não ter certeza quanto à minha ordem, resolvi compartilhar a minha lista de singles aqui.

É claro, é importante ressaltar que é uma lista pessoal e depois somamos os pontos referentes às classificações em cada lista pra ter os resultados de verdade. E que eu ainda, dias depois, não tenho certeza se a minha é isso mesmo. Foi BEM difícil chegar ao que está aí.

30. Leighton Meester – Heartstrings

FINALMENTE SAIU O ÁLBUM SOLO DA LEIGHTON MEESTER! E ele não é nada do que imaginávamos. A faixa-título é o single oficial e, depois de ouvir o álbum inteiro pela primeira vez, a música que mais me agradou.

29. Jessie J, Ariana Grande & Nicki Minaj – Bang Bang

Realmente, de verdade, tentei evitar. Mas a melodia é catchy DEMAIS pra ignorar.

28. Miranda Lambert & Carrie Underwood – Somethin’ Bad

Talvez a parceria mais poderosa do country dos últimos anos? Ou talvez não. Não é como se eu entendesse muito de country. E ainda há Highway Don’t Care a levar em conta. Mas o cara do Florida Georgia Line curte e eu também, apesar de ser beeeeem curtinha.

27. Ariana Grande & Iggy Azalea – Problem

Ouvi essa música assim que vazou, pra ver por que tanto falavam da Ariana. De lá pra cá, cresceu em mim o suficiente pra ela estar na lista. Agradecimentos ao Victoria’s Secret Fashion Show por me lembrar.

26. Ed Sheeran – Sing

Outra que foi crescendo em mim ao longo do ano. É uma combinação bem legal do som do Ed com o do Pharrell e, apesar de eu nunca prestar a devida atenção em nenhum dos dois, preciso reconhecer.

25. Pitty – Serpente

Já valeria a menção só pelo solo maravilhoso do meio da música. Mas o resto dela é bem bom também, especialmente pra notar como o som da rainha Pitty amadureceu desde os meus 11 anos.

24. Foo Fighters – Feast and the Famine

Admito: esperava muito mais do Sonic Highways. Depois de um Wasting Light, eu não esperava um álbum bom. Esperava muito, muito, MUITO bom. Não foi minha sensação. Mas essa música ainda me ganhou. E, aparentemente, foi promo single.

23. Jesse McCartney – Punch Drunk Recreation

E eu que tinha esquecido que essa música existia até ontem, quando descobri que foi single? HA. Bem a tempo. Foi a que mais me chamou atenção ouvindo o In Technicolor, apesar de ele estar bom do começo ao fim. De verdade, o melhor trabalho do Jesse em ANOS. Ainda bem que o Have it All acabou sendo descartado e que ele conseguiu lançar o In Technicolor.

22. Hilary Duff – All About You

Gente, mas que música gostosa de ouvir. Quero logo esse álbum novo da Hilary, estava com saudades dela.

21. Pitty – SETEVIDAS

Sim, mais uma da Pitty. Por isso, sugiro que vá ouvir o Setevidas logo. Pessoalmente, ainda curto mais o primeiro single que Serpente, então aqui vai.

20. Sandy – Morada

Pelo visto, foi single! E eu achei ótimo por poder incluir algo do Sim, que foi um dos meus preferidos de 2013.

19. Demi Lovato – Really Don’t Care (feat. Cher Lloyd)

Eu realmente adoro o último álbum da Demi. No show, ele fica ainda melhor. E essa música com a Cher Lloyd é bem divertida e foi o único single do álbum em 2014.

18. Gerard Way – No Shows

GENTE, GERARD WAY SOLO! E fazendo os Britpop 80s (?) que ouvia antes do My Chemical Romance! Tá muito lindo. E ele continua incrível.

17. Ed Sheeran – Thinking Out Loud

Sorry I’m not sorry: também só fui prestar atenção nessa música depois do Fashion Show. “Ah, é aquela Thinking Out Loud! Po, é legal, hein? Não tinha reparado!”, disse eu para mim mesma.

16. The Pierces – Kings

As Pierces tiveram um dos meus singles preferidos do ano no início, mas acabaram ficando apagadas. Ouvindo o Creation de novo, lembrei como gostava dele (apesar de ser bem, bem longo). ESPECIALMENTE dessa música.

15. Lana del Rey – Shades of Cool

O Ultraviolence geralmente parece uma música só, muito boa e muito longa. Mas não essa música. Tudo nela se destaca, em especial o solo de guitarra. [BÔNUS: QUÃO LINDA ESTÁ A LANA NO CLIPE?] E eu realmente espero que ela acabe sendo trilha de algum filme do 007 no futuro. Adele who?

14. Selena Gomez – The Heart Wants What It Wants

Até dói pensar que essa música é inspirada em… Justin Bieber. [Pelo menos ele trouxe algo de bom, certo?] De resto, é o som mais maduro que eu já ouvi da Selena. Apesar de adorar as Slow Down da vida, se ela seguir esse rumo, não me importo nem um pouquinho.

13. Linkin Park – Guilty All The Same (feat. Rakim)

Sensação de ouvir essa música pela primeira vez: “É LINKIN PARK OLD SCHOOL MESMO? MANDA MAIS!”. Sim, todos amamos o A Thousand Suns hoje em dia, porque aquilo é uma maravilha, mas não tem como recusar algo que se aproxime mais do Linkin Park que me ganhou no Meteora.

12. Fall Out Boy – Immortals

Porque não basta Big Hero 6 ser tão bom. Tem que render uma música DO FALL OUT BOY melhor ainda. Quem mais ficou cantando nos créditos? *levanta as duas mãos*

11. Pentakill – Lightbringer

É tão lindo ver uma banda da ficção ser trazida à realidade e funcionar… Explico: a Pentakill é uma banda de metal “fictícia”, cujos integrantes são personagens do League of Legends. Todos eles, inclusive, têm skins exclusivas da banda: Karthus, Olaf, Mordekaiser, Yorick e (a minha personagem favorita do jogo) Sona. Todas as músicas do álbum Smite and Ignite têm letras baseadas no universo do LoL e foram trazidas à realidade pelo pessoal da Riot! e por músicos famosos/conceituados no metal, tipo o norueguês Jørn Lande, vocalista dessa maravilha de faixa e da minha segunda preferida Last Whisper (sim, como no item Last Whisper).

10. Gerard Way – Action Cat

Mais Gerard? MAS É CLARO! Essa é mais animada e mais legal que No Shows e não preciso falar mais nada.

9. The Pretty Reckless – House on a Hill

Uma das melhores músicas do maravilhoso Going to Hell. Então obviamente estaria bem colocada aqui. Ai, eu preciso ver essa banda de perto logo.

8. Ariana Grande – Love Me Harder (feat. The Weeknd)

Essa música me impressionou pelo poder da voz da Ariana. Além de ser INCRIVELMENTE grudenta e explodir-crescer no refrão, coisa que eu amo.

7. One Direction – Night Changes

Porque essa foi uma das músicas que me fez finalmente gostar de One Direction. Que é? Eles são bons agora, juro! Até teria colocado essa música numa posição mais alta, mas ela tinha concorrência fortíssima.

6. Fall Out Boy – Centuries

Já eles, diferentemente dos Foo Fighters, não me decepcionaram no primeiro single depois de um álbum maravilhoso. Centuries é tão boa quanto ou melhor que várias no Save Rock and Roll e o Fall Out Boy já pode voltar pro Brasil pra eu vê-los de novo.

5. Linkin Park – Rebellion (feat. Daron Malakian)

É o Linkin Park. É o Daron Malakian. Isso já basta. Até porque soa exatamente como Linkin Park e System ao mesmo tempo.

4. Lucy Hale – Lie A Little Better

Sabe a Aria de Pretty Little Liars? Então, ela tem uma BELA de uma voz e canta country. Essa música é só mais uma prova de quão legal está o Road Between, primeiro álbum da Lucy, apesar de não ser o maior destaque dele no geral.

3. The Pretty Reckless – Fucked Up World

Depois de um tempinho do lançamento do Going to Hell, essa tinha virado minha música preferida dele. Essa melodia é tão… ah, vou ouvir de novo.

2. Lorde – Yellow Flicker Beat

Eu, de verdade, continuo me surpreendendo com a trilha sonora da série The Hunger Games. Primeiro me dá a melhor música da minha artista preferida. Depois me faz voltar a gostar de algo da Aguilera (pela primeira vez em anos). E agora me dá a melhor música da Lorde. Deveria até diminuir as expectativas, porque melhor que isso não deve ficar.

1. Taylor Swift – Blank Space

Se eu não sou previsível, não sei do que me chamar. Mas essa música foi favorita geral do mundo desde a ~primeira ouvida~ do 1989, tem uma letra GENIAL e o clipe só melhora a situação. Não havia outra primeira colocada possível, de verdade.

E pra você, quais foram os melhores singles de 2014? :)

Anúncios

Obrigada por ler! Não quer deixar um comentário, não? :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s