Meg Cabot – Quando Cai o Raio


De cara, já gostei: a protagonista se chama Jessica, tem 1,57m de altura e acha legal bater em caras do time de futebol com o dobro do seu tamanho. A parte legal não é essa, xará, a parte legal é quando eles realmente se machucam! Enfim né. O livro When Lightning Strikes foi publicado originalmente em 2001, mas só saiu aqui no Brasil dez anos depois.

Título: Quando Cai o Raio
Autora: Meg Cabot

4.5/5

Sinopse: Jessica era uma menina normal até ser atingida por um raio enquanto saía da escola. Mas, apesar de não ter ficado nem mesmo chamuscada, acaba descobrindo que ganhou um poder especial: ela agora sabe exatamente onde se encontram as crianças cujas fotos estampam o Disque-Desaparecidos. O problema é que, ao pensar que estava fazendo uma boa ação ligando para o telefone da instituição, ela acaba levantando suspeitas das autoridades… Agora só precisa convencer o FBI a acreditar nela.
(no Brasil pela Galera Record)

Esse é do tipo de livro que é bem fácil ler de uma vez só. Gosto do jeito da Jess, mais pra Suze que pra Mia, sem muitas frescuras e tendendo a delinquente juvenil, com amizades improváveis tipo motoqueiros que explodem helicópteros por diversão, e machucando caras com o dobro do tamanho dela só por terem ofendido sua melhor amiga.
Como em todo livro da Meg, tem o cara. Apesar de, dessa vez, ser um mero coadjuvante. O Rob é outro delinquente juvenil, tanto que conhece a protagonista em um de seus muitos dias de detenção, e também é um daqueles motoqueiros que explodem helicópteros por diversão. Bem o tipo da Sav, né, Clara? x)
Mas, é claro, o principal na história é outra coisa. Quando Jess é obrigada pela melhor amiga a recusar a carona de Rob pra casa na iminência de uma tempestade, ela acaba sendo atingida por um raio. E ganha poderes. De acordar sabendo onde pessoas desaparecidas estão. Então, naturalmente, ela tenta ajudar, ligando para avisar dos lugares que sabia. Até faz amizade com a mulher do Disque-Desaparecidos. Mas, depois de algumas ligações, a coisa toda começa a parecer suspeita, dentro de uns dias ela vira celebridade, parece ser tratada como aberração, é internada num instituto militar, foge desse instituto, toda uma complicação. Que continua nos outros livros da série.

Gostei, mesmo. Quando arranjei tempo suficiente pra me concentrar nele, li tudo o que faltava de uma vez. É do tipo que, com certeza, melhora à medida que avança. E, por ser uma série, te deixa louco no final, com vontade de ler a continuação LOGO.
O problema é que Meg sabe ser repetitiva quando quer. Às vezes, eu tenho a impressão de já ter lido aquele mesmo trecho mil vezes. Lá pros 20% do livro você já nota isso, se leu mais alguns dela. “Ei, eu já não vi isso antes?” A parte de não ter muitos amigos (todas, mas TODAS as protagonistas), a parte de ser louca por uma moto e não deixar nada passar sem um murro (Suze, A Mediadora), a parte de morar em Indiana e não poder sair da escola no almoço para ir ao Pizza Hut porque não é do último ano (Jenny, Ídolo Teen)… sim, Meg é rainha, mas não é perfeita. Ou talvez isso seja simplesmente porque o livro foi lançado MUITO tarde por aqui, já deu tempo de acompanharmos nas séries novas da autora a evolução da sua escrita e as similaridades entre os livros. E eu li tantas vezes Ídolo Teen e a série A Mediadora que cheguei a decorar trechos, então tudo me parece familiar.
Poooooooooorém… várias amigas minhas já disseram achar essa série a melhor da Meg. Então não deixa de ler só porque eu disse que vai te lembrar Ídolo Teen e A Mediadora. Até porque isso não é uma coisa ruim.

Anúncios

Obrigada por ler! Não quer deixar um comentário, não? :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s