Stephenie Meyer – A Breve Segunda Vida de Bree Tanner


Eu não achei que fosse gostar muito desse livro. Tinha um pé atrás, primeiro, por ser da saga Crepúsculo, que se dizia acabada (a não ser por Midnight Sun, que vazou pela metade e agora a Stephenie não quer mais lançar) e da qual eu enjoei bastante. Segundo, por ser um spin-off aparentemente irrelevante para a história como um todo. Mas me surpreendi. Acontece que é provavelmente o melhor livro da série. Quando eu digo “provavelmente”, quero dizer “não leio Eclipse há muito tempo pra saber se é mesmo melhor que ele”.

Título: A Breve Segunda Vida de Bree Tanner – Uma História de Eclipse
Autora: Stephenie Meyer

4.5/5

Sinopse: Pela primeira vez Stephenie Meyer oferece aos fãs uma nova perspectiva do universo de “Crepúsculo”. Na voz de Bree Tanner, uma jovem vampira integrante do violento exército de recém-criados que assola a cidade de Seattle no terceiro volume da série, “Eclipse”, somos apresentados ao lado sombrio da saga.
Bree vive nas trevas, sedenta por sangue. Não conhece sua verdadeira natureza e não pode confiar nos de sua espécie. Sua breve história acompanha a semana que antecede o confronto definitivo entre os recém-criados e os Cullen – a última semana de sua existência.
(no Brasil pela Intrínseca, 192 páginas)

Pra começar, a protagonista e narradora não é a Bella, nem se parece com ela, o que me agrada muito. Bree é esperta e forte. E, apesar de se enquadrar na categoria “do bem” da saga, foi criada a mando da Victoria e ia, originalmente, participar do suicídio em massa da luta contra os Cullen-Hale.
Como ainda é Stephenie Meyer, claro que tem um romance. Mas o que me agrada nele é que não é aquela coisa tipo “Oi, como é seu nome? Não consigo viver sem você!”. A história dela com Diego não parece forçada e irreal, e também é curta (por causa do Riley e da Victoria).
A melhor parte é a nova perspectiva. A chance de ver o que estava acontecendo em Eclipse pelo lado dos recém-nascidos e pelo lado de Victoria, o planejamento do ataque em vez da defesa, quem de fato eram todos aqueles vampiros que morreram. E alguns deles são, de fato, bem interessantes, especialmente Fred.
Não é o melhor livro da Stephenie (The Host tem esse posto pra mim), mas é provavelmente o melhor da Saga Crepúsculo. Uma boa adição à história (:

Anúncios

Obrigada por ler! Não quer deixar um comentário, não? :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s