Hilary Duff – Elixir


Já tinha lido o primeiro capítulo antes, por aquela sneak peek online, mas disse a mim mesma que ia esperar, não ler o livro em 2010, apesar de ter ganho no final de Dezembro, e deixar que Elixir fosse o primeiro de 2011. Não me arrependi nada.

Você que sabe um pouco da Hilary deve estar perguntando: atriz e cantora, depois compositora, depois tem seu perfume, depois linha de roupas, conhecida por trabalho humanitário, mulher de um jogador de hockey… e agora escritora?

Ao que eu respondo: é. E, aos que duvidaram e contestaram: ela leva jeito.

Título: Elixir
Autora: Hilary Duff

4.5/5

Sinopse: Clea Raymond, de 17 anos, sentiu os olhares e os holofotes a vida inteira. Filha de um renomado cirurgião e uma política proeminente, ela se tornou uma fotojornalista talentosa que se refugia em um mundo que a permite viajar para muitos lugares exóticos. Mas depois que o pai de Clea desaparece em uma missão humanitária, Clea começa a notar imagens sombrias e estranhas em suas fotos, de um rapaz estranho e bonito – que ela nunca viu antes.
Quando o destino junta Clea e esse homem, ela fica aturdida pela conexão imediata e poderosa que sente com ele. Conforme eles se aproximam, são levados para o mistério por trás do desaparecimento de seu pai, e descobrem a verdade centenária por trás de sua ligação intensa. Dividida por um perigoso triângulo amoroso e assombrada por um segredo poderoso que guarda seus destinos, juntos eles correm contra o tempo para desvendar seus passados e salvar suas vidas – e futuros.
(no Brasil pela Editora Moderna, com o selo da iD)

A história parece meio louca. É porque… é. Uma hora me lembrou um pouco Fallen. [SPOILER] Com toda aquela coisa de reencarnação, e a Clea sempre morrendo, como a Luce, e de ter que quebrar o ciclo… o que muda é que o Sage não é um anjo caído, só alguém que não morre. [/SPOILER]
Mas o que interessa em um livro não é somente a história, mas também como ela é desenvolvida. Olha The Hunger Games por exemplo, já vi muita gente ler a sinopse, não dar nada pelo livro (não foi o meu caso, eu nem li a sinopse) e, quando lê, paga a língua.

E eu gostei do plot diferente e do desenvolvimento. De como os fatos vão se encaixando pouco a pouco, e coisas que não faziam sentido algum passam a fazer todo sentido. Tipo a capa do livro, que você olha e pensa “WTF?”, mas depois que lê tem um novo significado.
Gostei de o livro mesclar estilos diferentes, de cenas terríveis (de ‘terror’, não de ‘ruim’, que fique claro) às românticas-quase-diabetes-visual.
Achei o final meio… PUF! Não que tenha sido corrido, mas o momento onde acaba. É do tipo de final que você lê e diz “Sim, e aí? Cadê o próximo?”. É até agoniante… mas eu acho que isso foi de propósito.
Gostei bastante da protagonista. Uma das poucas de que eu realmente gostei. É esperta, talentosa e gosta de trabalhar em vez de ter tudo de mão beijada como poderia. Tem uma dupla de melhores amigos incrível, adorei os dois desde o começo.
O que não gostei (pelo menos não imediatamente)? Vou ser COMPLETAMENTE do contra e dizer: o cara que ela escolheu. Não me entendam mal, o Sage é ótimo e vocês provavelmente vão adorá-lo. Mas não gosto dessa mania que autoras têm de inserir uma pessoa na vida da protagonista completamente do nada, que seria a alma-gêmea-forever, e essa pessoa se torna em um piscar de olhos a ‘razão de tudo na vida’. Deixando o resto em segundo plano. Não creio que seja bem por aí. Acho que é o motivo de eu gostar tanto do Scott Bennett e Teen Idol da Meg. Tá, certo, talvez essa minha antipatia pela escolha tenha muito a ver com eu ter gostado tanto do Ben…

Anúncios

Obrigada por ler! Não quer deixar um comentário, não? :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s